Sexta, 21 de Janeiro de 2022 16:17
(68) 9 9241-7768
Dólar comercial R$ 5,45 0.228%
Euro R$ 6,18 +0.587%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.288%
Bitcoin R$ 221.495,5 -9.677%
Bovespa 108.940,17 pontos -0.15%
Geral Covid-19

Com 431 novos infectados nesta quinta-feira (13), casos de Covid voltam a disparar no Acre

Há 88 exames que aguardam resultado no Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Sesacre de Saúde informou que aumento no número de casos se dá devido atualização na base de dados.

13/01/2022 18h02
Por: Redação Acrelândia News Fonte: G1 Acre
Com 431 novos infectados nesta quinta-feira (13), casos de Covid voltam a disparar no Acre

O Acre confirmou mais 431 novos casos de Covid-19 nesta quinta-feira (13), de acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O aumento no número de casos ocorre devido atualização na base de dados que, de acordo com a saúde, já foi realizada.

O número de casos aumentou de 88.813 para 89.244. Nenhuma morte foi notificada nesta quinta, assim, o número de vítimas fatais pela doença continua sendo 1.854 no estado. Ao todo, 80 exames estão à espera de análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e 86.374 pessoas receberam alta médica desde o inicio da pandemia.

Em todo o estado há 17 pessoas internadas, sendo 11 com teste positivo. A taxa de ocupação da UTI nas unidades de saúde é de 15%. Dos 20 leitos existentes, três estão ocupados. São 10 leitos de UTI em Rio Branco e 10 em Cruzeiro do Sul.

Com o aumento no número de casos, as unidades de saude voltaram a ficar lotadas em Rio Branco. A Policlínica Barral y Barral fez 300 testes rápidos de Covid-19 somente nessa quart (12) e, deste total, 60 tiveram resultados positivos para a doença. A informação foi confirmada ao g1 pelo diretor da unidade, Jorge Pimenta.

O Acre deve ser o primeiro estado brasileiro a receber doses da vacina da Pfizer destinada a crianças de 5 a 11 anos. Segundo o Programa Nacional de Imunização do Estado (PNI), a previsão é que os imunizantes cheguem na capital acreana às 23h50 desta quinta-feira (13), em um voo comercial.

Fonte: Sesacre

O estado chegou a ficar dois dias sem emitir o boletim alegando instabilidade do sistema de notificação ESUS-VE e da dificuldade que a equipe técnica estava tendo com a consolidação dos dados de Covid-19, referente aos testes de RT-PCR e Testes Rápidos de antígeno. A divulgação do boletim do coronavírus foi suspensa no sábado (8) e domingo (9) e retornou na segunda (10).

No dia 31 de dezembro, quando o governo estendeu a obrigatoriedade da máscara no estado, o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid alertou que existia uma subnotificação de casos devido à instabilidade nos sistemas Sivep-Gripe, Conecte-SUS, e E-SUS Notifica, que ocasionou a indisponibilidade das bases de dados do Ministério da Saúde.

 

Ainda na nota, o governo disse que existia a possibilidade de aumento de casos no início de 2022.

"Devido a estes e demais fatores de risco, a previsão é de que haja aumento de novos casos no período de janeiro a março, por isso a importância da continuidade de prevenção à doença com a manutenção das medidas sanitárias que determinam: evitar aglomeração e manter distanciamento de 2 metros entre as pessoas; evitar compartilhar objetos e equipamentos nos espaços públicos; uso obrigatório de máscara em todos os ambientes, entre outras."

Porém, em nota enviada nesta segunda (10), o Ministério da Saúde informou que a instabilidade não deveria interferir nos dados da vigilância epidemiológica de síndromes agudas respiratórias, incluindo a Covid.

"Desde então, as informações inseridas pelos estados e municípios nos sistemas estão retornando gradualmente às plataformas nacionais, possibilitando que os dados de saúde possam ser acessados por todos os usuários. A pasta esclarece que a instabilidade nos sistemas não interferiu na vigilância epidemiológica de síndromes agudas respiratórias, incluindo a Covid-19. O Ministério da Saúde continua realizando o monitoramento no Brasil para tomada de decisões frente ao atual cenário", destaca.

Uso obrigatório da máscara segue

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 emitiu recomendação técnica à Casa Civil, orientando o governo para que determinasse a manutenção das medidas sanitárias referentes à pandemia da Covid-19. A preocupação agora é com a variante ômicron, mesmo sem ter casos confirmados no estado.

Então, o governador Gladson Cameli determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes internos e externos até o dia 15 de janeiro de 2022, data em que as autoridades em saúde do Estado farão outra avaliação do cenário epidemiológico para que o governador determine as próximas medidas.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 18h16 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 30°

33° Sensação
5.3 km/h Vento
71.7% Umidade do ar
83% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias