Quinta, 04 de Março de 2021 19:00
(68) 9 9241-7768
Dólar comercial R$ 5,66 -0.108%
Euro R$ 6,77 -0.86%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.19%
Bitcoin R$ 290.955,72 -4.311%
Bovespa 112.690,17 pontos +1.35%
Geral Fronteira

Polícia acreana prende suspeitos de atuar como “coiotes” em meio à crise imigratória

Nesta quarta-feira, 17, o Grupo de Fronteira surpreendeu mais um suspeito

18/02/2021 09h52
Por: Redação Acrelândia News
Polícia acreana prende suspeitos de atuar como “coiotes” em meio à crise imigratória

Na imigração ilegal, “coiote” é o agente que conduz os estrangeiros pelas áreas de fronteira, mediante pagamento de altos valores. Apenas nesta semana, enquanto se desenrola o drama dos imigrantes retidos na cidade de Assis Brasil, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) prendeu dois homens suspeitos dessa prática ilegal, qualificada como tráfico de seres humanos.

Na última segunda-feira, 15, o Gefron prendeu o primeiro suspeito de atuar como coiote no transporte de imigrantes do Brasil para o Peru. Com ele, que vinha de São Paulo acompanhando um grupo de 80 haitianos, apreendidos mais de R$ 60 mil em espécie, além de dólares americanos e soles peruanos. A prisão aconteceu na BR-317, que liga as cidades de Brasiléia e Assis Brasil.

Nesta quarta-feira, 17, o Grupo de Fronteira surpreendeu mais um suspeito. De nacionalidade peruana, o homem foi preso com 15.150 dólares, 222 reais e 140 soles peruanos, segundo a Assessoria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Setups). O delegado de Polícia Civil, Rêmulo Diniz, disse que o segundo suspeito adotou o mesmo modus operandi do primeiro.

“Ele veio em voo onde vários imigrantes chegaram do estado de São Paulo e não tem qualquer comprovação da origem do dinheiro. Praticamente todo o dinheiro era em moedas estrangeiras, o que necessita de um câmbio por órgãos oficiais aqui no país e ele não apresentou os documentos”, explicou o delegado que coordena o Gefron acreano.

Desde a semana passada, o Gefron vem realizando operações mais intensas na faixa de fronteira entre Assis Brasil e Iñapari, com o fim de coibir a ação de pessoas que atuam na travessia de estrangeiros entre os dois países. No último sábado, 12, os policiais encontraram cerca de quarenta estrangeiros se preparando para cruzar para o lado peruano com ajuda de atravessadores.

O Peru mantém suas fronteiras fechadas e proibiu a entrada de qualquer estrangeiro, alegando que as normas sanitárias do país, impedem a travessia de pessoas vindas do Brasil. Com isso, cerca de quatro centenas de imigrantes de 8 nacionalidades se encontram retidos em Assis Brasil, segundo as últimas informações da Secretaria de Assistência Social do município fronteiriço.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 19h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 22° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (05/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (06/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias