Segunda, 19 de Abril de 2021 20:55
(68) 9 9241-7768
Dólar comercial R$ 5,55 -0.61%
Euro R$ 6,68 -0.15%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.53%
Bitcoin R$ 323.249,37 -1.903%
Bovespa 120.933,78 pontos -0.15%
Geral Rio Acre

Rio Acre volta a transbordar e atinge três bairros na capital acreana

Manancial marcou 14,10 metros na tarde desta quarta-feira (24) e atinge casas dos bairros Ayton Sena, Baixada da Habitasa e Seis de Agosto. Nenhuma família precisou sair ainda de casa.

24/03/2021 19h40
Por: Redação Acrelândia News Fonte: Aline Nascimento, G1 AC — Rio Branco
Rio Acre volta a transbordar e atinge três bairros na capital acreana

O Rio Acre voltou a ultrapassar a cota de transbordo, que é de 14 metros, na tarde desta quarta-feira (24) e já atinge os bairros Ayrton Sena, Seis de Agosto e Baixada da Habitasa em Rio Branco. O manancial marcou 14,10 metros às 18h desta quarta.

Com a elevação no nível das águas, o número de famílias atingidas, que eram sete, subiu para 15 nos bairros. Ainda não há desabrigados ou desalojados, que é quando o morador vai para casa de parentes.

Contudo, a Defesa Civil de Rio Branco recebeu, no início da noite desta quarta, um chamado de um morador da Baixada da Habitasa. O coordenador do órgão, major Cláudio Falcão, disse que as equipes acompanham a situação e estão em alerta para ajudar os moradores em qualquer necessidade.

"Não teve ainda necessidade de retirar ninguém, estamos em monitorando e caso venha aumentar mais, chegar à marca de 14,15 metros a 14,20 metros, vai ser preciso a começar a se movimentar para retirar famílias para casas de parentes ou abrigos", contou o coordenador.

Mesmo com esse monitoramento, Falcão acrescentou que as previsões são de que o rio deve estabilizar ainda na noite desta quarta e apresentar vazante na quinta (25). O major destacou que as equipes já esperavam a subida no nível das águas.

"É isso que esperamos porque estávamos em uma velocidade muita rápida de manhã, com quatro centímetros por hora, e agora estamos em torno de um e meio a um centímetro por hora. Se continuar aumentando aumento até uma dez da noite deve estabilizar amanhã. É uma previsão", frisou.

Enchente em fevereiro

No mês de fevereiro, a cheia do Rio Acre chegou a atingir mais de 13 mil pessoas e deixou pelo menos 129 famílias desalojadas e outras 75 desabrigadas em Rio Branco. No dia 10 de março, quando o nível do rio estava mais de quatro metros abaixo da cota de alerta na capital, as famílias que ainda estavam em abrigos da prefeitura começaram a voltar para casa.

 

No dia 22 de fevereiro, o governador Gladson Cameli decretou calamidade pública em dez cidades do Acre. No mesmo dia, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), o estado de calamidade nos municípios de Rio Branco, Sena Madureira, Santa Rosa do Purus, Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Mâncio Lima e Rodrigues Alves. Mais de 130 mil pessoas foram atingidas pelas enchentes nas dez cidades.

Beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) das 10 cidades do Acre que foram atingidas pela cheia no mês de fevereiro terão os pagamentos antecipados a partir deste mês, decidiu o órgão previdenciário em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 19 de março.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 19h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (20/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (21/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Ele1 - Criar site de notícias