Segunda, 17 de Maio de 2021 20:02
(68) 9 9241-7768
Policia Condenado

Homem é condenado a mais de 62 anos de prisão por estupro das três filhas na zona rural do Acre

Acusado abusava das filhas desde que elas eram crianças na zona rural de Tarauacá. Homem está preso desde outubro de 2020 após ser denunciado pela família.

21/04/2021 19h22
Por: Redação Acrelândia News Fonte: G1-AC
Homem é condenado a mais de 62 anos de prisão por estupro das três filhas na zona rural do Acre

Um homem, de 53 anos, foi condenado a mais de 62 anos de prisão por abusar das três filhas na zona rural de Tarauacá, interior do Acre. Atualmente, as vítimas têm 14, 15 e 19 anos, mas os abusos iniciaram ainda na infância. O caso foi descoberto em setembro do ano passado pela mãe das vítimas e denunciado à polícia.

Nessa terça-feira (20), o acusado foi julgado na Comarca de Tarauacá e condenado por estupro de vulnerável, estupro, ameaça e violência doméstica. Ele não pode recorrer do resultado em liberdade.

O advogado dativo do réu, que pediu para não ter o nome divulgado, falou que aguarda um posicionamento do cliente para recorrer ou não contra a decisão.

O acusado está preso na Unidade Prisional Moacyr Prado desde outubro de 2020. O crime chegou ao conhecimento da polícia após uma das filhas denunciar o pai para uma tia e a família decidir procurar ajuda.

Ao G1, o promotor de Justiça do Ministério Público do Acre (MP-AC), Daisson Gomes Teles, explicou que a mãe das vítimas chegou a relatar, em depoimento, que tinha visto uma vez o marido com uma das filhas, mas não o denunciou com medo.

"Maltratava a família, tem denúncia de violência doméstica. É uma pessoa bem agressiva. Uma das filhas foi morar em Rio Branco porque não aguentava mais morar lá. Foi morar com a tia e essa tia disse que tinha um padrasto e que no passado esse padrasto tinha abusado dela. Ela falou para a mãe e a mãe separou, mas nunca foram para a delegacia. Dias depois, a menina chamou a tia e contou. A partir daí surgiu a história e a família resolveu denunciar", contou o promotor.

Abusos

As vítimas falaram para a Justiça que os abusos começaram após elas completarem oito anos. Elas eram ameaçadas pelo acusado e, segundo o depoimento, chegaram a flagrar o pai abusando uma das outras.

Ainda segundo o promotor, o réu negou as acusações durante o julgamento.

"Hoje a maior está com 19 anos, a outra com 15 e a menor com 14. Ele abusava delas já nessa idade. Por isso, o MP denunciou ele por estupro de vulnerável, estupro, ameaça e violência doméstica. As vítimas têm acompanhamento de equipes do Creas. A mãe também recebe apoio. Tem duas meninas morando em Rio Branco e uma em Tarauacá", afirmou.

Ainda segundo Teles, esse tipo de crime é muito comum no interior do estado e nem sempre as famílias denunciam o agressor por medo. Ele acrescentou que é muito importante as famílias, vizinhos e as vítimas denunciarem para que o acusado seja retirado de perto.

"Foi uma grande vitória porque é uma pessoa muito perigosa, estava abusando das filhas com frequência. Nós não podemos aceitar essas condutas. Esses casos são muito frequentes no interior, mas não é normal e as pessoas precisam denunciar", concluiu.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Tarauacá - AC
Acrelândia - AC
Atualizado às 21h47 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 33°

24° Sensação
4.2 km/h Vento
70.5% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (18/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias