Quinta, 17 de Junho de 2021 12:23
(68) 9 9241-7768
Dólar comercial R$ 5,04 -0.5%
Euro R$ 5,99 -1.43%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.59%
Bitcoin R$ 204.856,1 -0.744%
Bovespa 127.987,77 pontos -0.98%
Geral Vacina Da Gripe

Campanha nacional de vacinação contra gripe vai até 9 de julho, informa saúde

A vacinação será feita de forma escalonada: os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas.

08/06/2021 08h57
Por: Redação Acrelândia News
Campanha nacional de vacinação contra gripe vai até 9 de julho, informa saúde

A 23° Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou no dia 12 de abril tem público-alvo estimado em 79,7 milhões de brasileiros. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários. A campanha vai até o dia 9 de julho.

O Ministério da Saúde ressalta a importância da vacinação contra a influenza em 2021, pois prevenirá o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

A pasta distribuirá 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, para imunização do público-alvo. O ministério orienta aos estados e ao Distrito Federal que todas as medidas de prevenção à transmissão da Covid-19 sejam adotadas durante a campanha em mais de 50 mil postos de vacinação espalhados pelo Brasil.

Nesta campanha, os grupos prioritários são crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A vacinação será feita de forma escalonada: os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas. Os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização (Dia D), conforme a realidade de cada região.

Considerando a ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas, o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas doses simultaneamente. A orientação, neste momento, é priorizar a imunização contra a Covid-19.

Para as pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19, deve ser priorizada a dose contra o coronavírus e agendada a vacina contra a Influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

A ação de imunização contra a influenza é extremamente importante para a proteção dos grupos mais vulneráveis às complicações e óbitos decorrentes da doença. Portanto, deve ser mantida, apesar de todos os desafios frente à circulação contínua ou recorrente do SARS-CoV-2. A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 1999.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 14h04 - Fonte: Climatempo
31°
Pancada de chuva

Mín. 19° Máx. 32°

33° Sensação
14.5 km/h Vento
51.1% Umidade do ar
90% (3mm) Chance de chuva
Amanhã (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (19/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias