Sexta, 23 de Julho de 2021 17:39
(68) 9 9241-7768
Policia Operação

Oito presos em operação do MP e da PM são condenados a quase 90 anos de prisão no Acre

Grupo criminoso foi preso durante Operação Livro Caixa II, deflagrada no mês de fevereiro pelo MP-AC e o Bope. Penas variam de 8 a 14 anos de prisão.

06/07/2021 11h05
Por: Redação Acrelândia News
Oito presos em operação do MP e da PM são condenados a quase 90 anos de prisão no Acre

Oito presos na segunda fase da Operação Livro Caixa foram condenados a quase 90 anos de prisão. A ação foi deflagrada no mês de fevereiro pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do do Acre (MP-AC) e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) para desarticular o núcleo financeiro de duas organizações criminosas.

Durante a ação foram cumpridos 32 mandados judiciais contra integrantes de duas organizações criminosas que atuam em pelo menos três bairros de Rio Branco. Do total de mandados, 18 foram de prisão e outros 14 de busca e apreensão nos bairros Cidade do Povo, Santa Inês e Boa União, na capital, além dos municípios de Boca do Acre (AM) e Dourados (MS). Outros três mandados foram cumpridos no Complexo Penitenciário de Rio Branco.

As penas dos acusados variam de 8 a 14 anos de prisão. Eles foram julgados pelo Juízo da Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco por promover, financiar e integrar pessoalmente organização criminosa.

Segundo a Justiça, a quadrilha foi sentenciada da seguinte forma:

 

  • José Mendonça - 14 anos e 9 meses de prisão;
  • Camila Almeida - 12 anos e 10 meses;
  • Jucenildo Ferreira - 8 anos;
  • Manoel Ferreira - 12 anos e 11 meses de prisão;
  • Antônio Saboia - 11 anos;
  • Maria Maíara - 11 anos;
  • Djailson Lobo - 11 anos
  • Rosângela Pereira - 8 anos.

 

 

"Essa operação teve um resultado muito satisfatório, tendo em vista que todos os réus que foram denunciados e tiveram sua instrução criminal realizada e em juízo foram todos condenados, inclusive de forma célere e sem nenhum vício processual, qualquer legalidade e com penas justas e aplicadas com razoabilidade pelo juiz da Vara de Organização Criminosa, inclusive, com diversas penas superiores a 12 anos de reclusão", destacou o promotor Júlio César de Medeiros, que atuou na operação.

 

Operação Livro Caixa

 

Na primeira etapa da Operação Livro Caixa, deflagrada no dia 5 de agosto de 2020, foram cumpridos 18 mandados contra um grupo criminoso que atua em Rio Branco.

Na época, o MP informou que comerciantes do Conjunto habitacional Cidade do Povo e de pelo menos mais dois bairros eram vítimas de extorsão e tinham que pagar mensalidades a um grupo criminoso em troca de “segurança”.

Por isso o nome da operação, que faz referência à apreensão de registros da contabilidade da facção, que revelam o crime de extorsão contra esses comerciantes.

Após a análise dos documentos apreendidos na primeira etapa da operação foram identificadas chefias de duas organizações criminosas. Essas pessoas seriam, segundo o MP, as responsáveis pelos núcleos de cadastramento, contabilidade e disciplina de três bairros da capital.

Em fevereiro, o MP-AC e o Bope deflagraram a segunda fase.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 19h32 - Fonte: Climatempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 33°

27° Sensação
4.8 km/h Vento
51% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Domingo (25/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias