Domingo, 24 de Outubro de 2021 11:40
(68) 9 9241-7768
Politica Contra a educação

Prefeito Olavinho nega direito dos formados em educação física exercer atividades nas escolas da rede municipal de ensino ao vetar projeto

O projeto de lei é de autoria do vereador Sionayton-PP, e visa oportunizar os formados em educação física em lecionar nas escolas da rede municipal.

20/09/2021 09h27 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Acrelândia News
Prefeito Olavinho nega direito dos formados em educação física exercer atividades nas escolas da rede municipal de ensino ao vetar projeto

O vereador Sionayton-PP, após ouvir as reivindicações dos educadores físicos e pessoas formadas na área e depois de analisar que alguns municípios acreanos já aderiram a matéria, para que educadores físicos possam exercer suas atividades na educação infantil e ensino fundamental de competência municipal.

O parlamentar, apresentou um projeto visando oportunizar o direito dos formados em educação física em exercer a docências nas escolas da rede municipal ensino infantil e fundamental em Acrelândia, atualmente a matéria é exercida por um profissional não formado na área.

O projeto foi apresentado na câmara e aprovado pelos vereadores na qual foi encaminhado ao executivo municipal.

Porém o prefeito Olavinho se negou em dar este direito os profissionais de educação física e vetou o projeto alegando que a matéria apresenta é  inconstitucional já que deveria ser apresentado pelo executivo propondo o projeto.

O vereador Sionayton alegou que não irá entrar em detalhes sobre o veto do projeto já que é um direito do executivo, mas alegou que o projeto é constitucional na qual irá apresentar as justificativas na próxima sessão para que a câmara possa derrubar o veto do prefeito.

“O prefeito tem suas razões, eu como parlamentar apresentei uma proposta visando melhorar a educação do nosso município, não posso aqui ser leviano contra o prefeito ele está no seu direito, mas o projeto é constitucional e iremos apresentar na sessão para que o veto seja derrubado na câmara”, disse Sionayton

Segundo Sionayton, a gestão não pode ter dois pesos e duas medidas, na realização do processo seletivo, o parecer jurídico foi contra mesmo assim a gestão continuou com o processo seletivo porque era do seu interesse.

“Tem coisas que não entendo, o processo seletivo o jurídico deu parecer contrário, mas mesmo assim a gestão continuou com o processo por ser do seu interesse, acho que o prefeito deveria ter pensado antes de vetar o projeto, ele é muito importante para a educação”, disse

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 13h37 - Fonte: Climatempo
34°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 34°

34° Sensação
11.3 km/h Vento
35.5% Umidade do ar
90% (50mm) Chance de chuva
Amanhã (25/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Chuvoso
Terça (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias