Domingo, 24 de Outubro de 2021 11:33
(68) 9 9241-7768
Policia Deu caso de policia

Repórter de Plácido de Castro alega que sofreu tentativa de homicídio por filho de empresário local

Confusão em Plácido termina com registro de tentativa de homicídio

21/09/2021 10h07
Por: Redação Acrelândia News Fonte: ac24horas
Repórter de Plácido de Castro alega que sofreu tentativa de homicídio por filho de empresário local

Uma confusão envolvendo um jornalista e o filho de um empresário e produtor rural no município de Plácido de Castro terminou na delegacia com denúncia de tentativa de homicídio.

A história teve início com o registro de um boletim de ocorrência de Francisco de Jesus Alves, que se identifica como empresário e também é jornalista, dono de um site no município de Plácido de Castro. Chicão, como é conhecido na região, denunciou Gece Neto, filho de um importante empresário da região, pelo crime de tentativa de homicídio.

De acordo com o boletim de ocorrências registrado na delegacia de Plácido, Chicão conta que na noite de domingo, os dois teriam se encontrado em um ramal, quando Neto disse que ia matá-lo. Chicão contou que um amigo que é Uber o colocou dentro de seu carro com destino à Plácido. No entanto, afirmou que Neto o teria perseguido em seu carro. Neto teria o teria alcançado e tentado agredi-lo. No BO, Chicão relata que Neto só não conseguia tirar sua vida porque surgiu no ramal um pecuarista da região identificado como Adão que o levou até próximo à delegacia de polícia. Em seu depoimento, Chicão disse que o motivo foi uma reportagem publicada em seu site que fala sobre uma operação das forças de segurança pública e cita o pai de Neto, Gece Filho, dono do frigorífico da região.

Neto nega ameaça de morte e sequestro e diz que Chicão foi quem insinuou está armado

O  site ac24horas foi em busca de ouvir o outro lado da história e conseguiu conversar com Gece Neto, que fez um relato, onde afirma ser a verdade dos fatos e conta que também registrou um boletim de ocorrência contra Chicão.

Neto afirma que foi Chicão quem o abordou. “Fui convidado a ir em um aniversário, na noite de ontem, e chegando na entrada do ramal eu encontro com o meu primo e a mãe dele, parei pra falar com ele e conversamos um pouco. Minutos depois, o Chicão chegou se aproximando de mim e tentando abrir um diálogo comigo. Ele a todo momento ficava insistindo em ter uma conversar, porém eu me recusei e disse que não queria conversar com ele, e por motivos que o mesmo sabia”, afirma Neto.

Ele conta que Chicão insinuou que estava armado. “Aleguei que tínhamos bebido e que poderíamos conversar sóbrio outro dia. Depois disso ele saiu em direção ao meu carro e fechou a porta com força excessiva, instigado fui até ele, e perguntei o que ele tinha contra mim. Ele colocou a mão abaixo da camisa, insinuando que estava armado. Perguntei o que era que eu devia a ele, qual era o problema dele comigo e com minha família. Começamos a discutir, e um amigo em comum chamou ele para ir embora, e ele continuou a me xingar e saiu olhando para trás com a mão debaixo da camisa. Passando uns 2 minutos me retirei, de volta para casa vi que o carro deles estava na minha frente. Pedi para o motorista parar, quando pararam fui até a porta e começamos a discutir novamente. Peguei no braço dele, perguntei porque que ele não resolvia comigo ao invés de atacar a minha família”, conta.

 

Neto nega que tenha tentado atropelar, sequestrar ou matar Chicão. “Em nenhum momento, tentei atropelar ninguém e muito menos sequestra-lo. Até porque, minha metragem é 1,67 e ele dá uns 2 metros de altura. Sendo assim, jamais conseguiria sequestrar ele. Mas a verdade, há muito tempo, a minha e outras famílias estão sendo denegridas. Ele não apura os fatos e faz plágio de reportagens denegrindo a imagem de muitos placidianos. Não tem problema em ele ser jornalista, mas que seja com ética e respeito pelos nossos placidianos”.

O filho do empresário de Plácido afirma que a história é inventada e que está pronto para colaborar com a justiça. “Essa história que ele inventou, é apenas para ganhar mídia, o que ele quer é mídia. E, para isso, ele precisa inventar mentiras e falsas acusações. Desde ontem, ele está coagindo os meus familiares com essa história. Estou pronto para colaborar com a verdade dos fatos na justiça, e desmentir esse filme de ficção que ele criou”, encerra.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 13h17 - Fonte: Climatempo
34°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 34°

34° Sensação
11.3 km/h Vento
35.5% Umidade do ar
90% (50mm) Chance de chuva
Amanhã (25/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Chuvoso
Terça (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias