Domingo, 24 de Outubro de 2021 11:03
(68) 9 9241-7768
Dólar comercial R$ 5,65 0%
Euro R$ 6,58 0%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.031%
Bitcoin R$ 358.814,6 -1.397%
Bovespa 106.296,18 pontos -1.34%
Geral Preocupante

Desmatamento é a preocupação na região Norte quando o assunto é sustentabilidade

O levantamento, realizado entre os dias 2 e 7 de setembro, com 3 mil pessoas nas cinco regiões do país, será apresentado nesta quinta-feira, dia 30 de outubro.

30/09/2021 09h25
Por: Redação Acrelândia News
Desmatamento é a preocupação na região Norte quando o assunto é sustentabilidade

Dados da 8ª edição do Observatório Febraban – Pesquisa Febraban-Ipespe, que buscou investigar o conhecimento e envolvimento dos brasileiros a respeito do tema da sustentabilidade, apontam que o desmatamento é a principal preocupação de 83% das pessoas no Norte, quando o assunto é sustentabilidade.

O levantamento, realizado entre os dias 2 e 7 de setembro, com 3 mil pessoas nas cinco regiões do país, será apresentado nesta quinta-feira, dia 30 de outubro.

Sobre a importância e responsabilidade quanto às ações de sustentabilidade, a pesquisa aponta que, na região Norte, o governo e as empresas públicas são as mais responsabilizadas, com 48% do total de menções, seguidos das empresas privadas, com 18%. Já as ONGs e entidades do terceiro setor são as menos responsabilizadas em todas as regiões e no Norte atingem 14%.

Dos ouvidos, 78% citam o combate à corrupção nas empresas e governos como tema que mais preocupa na área de governança corporativa. E na área social, 71% citam o emprego e renda como tema que mais preocupa.

O Norte concentra o menor nível de informação autodeclarado sobre governança corporativa: 29%, contra 35% do total da amostra. Outro dado se refere aos meios de como as pessoas se informam: 55% apontam a TV aberta ou fechada e 42% citam a rede social como principais meios pelos quais se informam sobre o tema sustentabilidade.

A pesquisa revela que 73% consideram importante a adoção de boas práticas ambientais pelos cidadãos e famílias; 79% acham muito importante a adoção de boas práticas ambientais pelas empresas e 81% pelos governos. E 74% dos participantes da região concordam que as boas práticas pelas empresas e governos devem ser prioridade, mesmo com o risco de diminuir os lucros e o crescimento econômico.

O Norte é a região com percepção evolutiva menos favorável quanto à adoção de boas práticas ambientais pelas famílias e cidadãos: 28% acham que a população tem adotado mais tais práticas, enquanto 56% não veem mudança no comportamento das pessoas.

Nas boas práticas, a separação do lixo e reciclagem tem o Norte como a região que menos tem esse hábito (46%, contra média nacional de 52%), bem como a redução do uso de material descartável, também com 46% % (contra média nacional de 49%). A região também apresenta na média a menor preocupação quanto ao descarte correto de resíduos nocivos, como pilhas e óleo, somando 38% os que fazem isso (média nacional de 49%).

Adquirir produtos de marcas e uso de serviços de empresas que seguem normas de sustentabilidade é mais comum no Nordeste, Norte e Sul do país (cada região pontuou 59%).

Outro dado importante é sobre a mobilidade das pessoas. E a preferência por transporte coletivo, bicicleta ou caminhada chega a 71% no Norte, colocando a região em evidência (65% é a média nacional, segundo a pesquisa).

Sobre o uso de boas práticas ambientais: 66% usam lâmpadas econômicas; 68% adotam medidas para economia água e 64% para economizar energia; 46% reciclam lixo e reduzem material descartável; 54% reutilizam materiais; 51% consomem orgânicos; 34% utilizam energia alternativa; 38% descartam corretamente resíduos; e 35% utilizam etanol e não gasolina.

“Este levantamento reforça pesquisas anteriores, que mostravam que 74% dos entrevistados tinham muito ou algum interesse pelo tema da preservação do meio ambiente e 78% disseram-se pouco ou nada satisfeitos com os esforços empreendidos no país nesse campo”, diz Antonio Lavareda, presidente do Conselho Científico do IPESPE, responsável pela pesquisa.

Com informações da Assessoria do Observatório Febraban.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Acrelândia - AC
Atualizado às 12h57 - Fonte: Climatempo
33°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 34°

33° Sensação
11.3 km/h Vento
35.5% Umidade do ar
90% (50mm) Chance de chuva
Amanhã (25/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 28°

Chuva e trovoadas
Terça (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias